Pode se tocar mais

01 de Apr de 2022

 

Sexo é natural. Sexo é saudável, é energético, é um esporte. O sexo é excitante, revigorante, refrescante e divertido. Sexo é comunicação. Pode ser lento, rápido, romântico, suave, sujo. Sexo é muitas coisas, mas acima de tudo; sexo é amor.

Você pode praticar em qualquer lugar da casa. Com uma pessoa, com duas, ou com quem quiser ou ainda (e queremos conversar sobre isso com você) praticar sozinho.

E então, por mais que, às vezes, seja difícil de acreditar, a melhor maneira de desfrutar de um bom sexo é conhecendo a si mesm@. O que gostamos, o que não gostamos, o que queremos em cada momento, como atingir o orgasmo mais rápido, como atrasá-lo…

O que buscamos, então? Queremos te ajudar a se amar mais. Mais e melhor, claro. Por quê? Porque a masturbação, e neste caso temos que nos referir unicamente a mulheres e pessoas com vagina, segue sendo um mundo desconhecido para muitas.

E, embora muita gente já saiba, queremos compartilhar com você algumas das melhores sextips pra te ajudar a aproveitar muito mais o sexo com você mesma e, sendo assim, do sexo em geral.

1. Crie a atmosfera certa

Neste caso, mulheres e homens tendem a ser diferentes. Eles costumam ser mais visuais e acabam dependendo muitas vezes de imagens para masturbação, enquanto as mulheres tendem a brincar com as sensações, lembrar de encontros sexuais que viveram recentemente ou fantasiar com alguém que desejam se relacionar. Ai sim, Brad Pitt, assim…

Mas se você quer experimentar o visual e está procurando algo erótico e sutil, recomendamos que dê uma olhada nos vídeos criados, e muitas vezes protagonizados por Vex Ashley, uma jovem que soube trazer a pornografia para aqueles que não se atreviam a ver. Ou também, você pode dar uma olhada em listas de filmes que certamente farão a temperatura do seu quarto subir.

 

 

 

2. Clítoris x Vagina

Existem duas teorias sobre isso. A primeira afirma que existem dois tipos de pessoas com vagina: aquelas que só conseguem atingir o orgasmo com estimulação do clitóris (a maioria) e aquelas que também podem atingir o orgasmo através da penetração vaginal.

A segunda teoria afirma que todas (bem estimuladas) podem atingir o orgasmo unicamente através da penetração. Nós, para não deixar nenhuma zona erógena de fora, preferimos fazer tudo e estimular os dois pontos ao mesmo tempo.

3. Não se esqueça do resto do seu corpo

Você não adora quando no meio do sexo seu parceiro brinca com seus mamilos? Ou te alisa no interior das coxas? Então, por que você mesmo não faria isso durante a masturbação? Use sua mão livre para acariciar as áreas do seu corpo que mais gosta. Descubra quais te fazem enlouquecer e quais não fazem. E assim será mais fácil para você se comunicar com seu companheiro de brincadeiras.

 

 

4. Considere os benefícios

Se masturbar não é só prazeroso e realmente traz uma tonelada de benefícios. A masturbação é um poderoso apaziguador do estresse. Existem estudos recentes que afirmam que se masturbar faz bem à saúde, pois fortalece o sistema imunológico.

E, assim como o sexo, é um poderoso analgésico que ameniza principalmente as cólicas menstruais. Então, ao aumentar seus níveis de dopamina e oxitocina, você se sentirá super feliz e pra cima. Na verdade, se você tem problemas de insônia, saiba que se masturbar pode te ajudar a dormir melhor.

Em suma, a masturbação é a maneira perfeita de conhecer seu corpo, descobrir o que se gosta, desfrutar de uma vida sexual mais divertida, plena e satisfatória e claro, desestressar. Dito isto... que o mundo inteiro se ame!